Primeiros dias de férias

Estou tentando tirar férias durante este mês de agosto para dar o máximo de atenção e carinho às minhas filhas (chegaram de Portugal no dia 10 e vão passar um mês comigo). Tinha decidido não agendar trabalhos para este mês mas acabei por aceitar um que vai ser em Maceió/AL e, aí, aproveito e levo-as para conhecerem mais uma cidade deste belo país.

Bem, enquanto não viajamos para Maceió (no final do mês) estamos tentando nos divertir aqui em Recife e estes primeiros dias (o dia da chegada não conta) estão, ainda, um pouco devagar. Na 4ª e na 5ª-feira alguns compromissos inadiáveis me prenderam em casa/escritório a maior parte do tempo, por isso as atividades se centraram mais em filmes (cinema e dvd), MSN, jogos no celular, dominó, Disney channel (overdose), pintura moderna/abstrata (das unhas, delas) e uma ida rápida na praia para dizer que saímos de casa e aproveitar para bater algumas fotos, mesmo sem a colaboração de S. Pedro. À noite, durante o jantar, decretei:

– Amanhã (6ª-feira) faça chuva ou faça sol vamos para a praia!

6ª-feira?!

Praia, claro! Decreto é decreto!

Pareciam duas caipiras que nunca viram tanta água junta (mesmo tendo passado o mês de julho quase todo na praia em Portugal). Maria quase esfola o peito com areia naqueles mergulhos fantásticos (e olímpicos) na parte rasa (máximo 20cm de água). Catarina, para zoar, correu para simular um mergulho igual ao da irmã, mas no momento da freada, bem na minha frente, prendeu o pé na areia. Tombo/Mico/Pé Machucado. Na volta para casa servi de muleta de Catarina, e a Maria, de mão dada com o avô, conseguiu a proeza de perder a camiseta dela (vou ouvir das boas da mãe dela, vou, vou, rsrsrs).

Resumo do dia: Uma camiseta perdida (estilo Rambo, quem achar favor devolver) e um pé inchado (ultima foto do post). E foi só o primeiro dia de praia!!!

VOLTAR AO TOPO

Seu endereço de e-mail jamais será divulgado ou compartilhado com terceiros. Campos obrigatórios são marcados com * *

*

*